Exército da Nigéria anuncia resgate de quase dois mil reféns do Boko Haram

Tropas nigerianas resgataram, na última semana, 1.880 civis que estavam em poder do grupo islâmico Boko Haram no nordeste da Nigéria, anunciou um comandante do Exército nesta quarta-feira (21). A operação aconteceu em Sambisa, uma região na selva de cerca de 1.300 km quadrados onde ficava o reduto do Boko Haram. Em 2014, esse grupo sequestrou mais de 200 jovens estudantes.

“Em operações realizadas entre 14 e 21 de dezembro de 2016, um total de 1.880 civis foram salvos nas áreas do Boko Haram”, declarou o general Leo Irabor em entrevista coletiva na cidade de Borno, capital de Maiduguri.

boko-haram

Vídeo do Boko Haram mostra supostos espiões sendo interrogados e, depois, exibe corpos decapitados (Foto: Reprodução/ Twitter/ SITE Intel Group)

O militar acrescentou que as operações prosseguem com base na campanha lançada no ano passado para retirar os extremistas islâmicos da região. Segundo o general Irabor, centenas de rebeldes foram capturados. “Entre 14 e 21 de dezembro, 564 terroristas do Boko Haram foram capturados e outros 19 se renderam aos nossos soldados. Sete suspeitos de sequestro e 37 estrangeiros também foram detidos”.

Movimento jihadista

O Boko Haram é o autor de muitos sequestros, entre eles o de mais de 200 colegiais da cidade de Chibok, em abril de 2014. Inicialmente seita salafista, o Boko Haram se converteu em movimento jihadista após a morte de seu fundador, Mohammed Yusuf, em 2009. A violência do movimento e sua repressão já causaram mais de 20 mil mortes e 2,6 milhões de deslocados no nordeste da Nigéria.

Com informações France Presse.

Comentários

0 Comentário

Escreva um comentário





*