Economia

Comunistas chineses são mais predatórios do que os primeiros capitalistas, diz economista

Se o fim da Guerra Fria foi interpretado como um sinal do triunfo do capitalismo ocidental sobre o comunismo, Loretta Napoleoni (foto) argumenta o oposto: o mundo está testemunhando, na verdade, o início do colapso do capitalismo e a vitória do “comunismo com a motivação do lucro”. A partir de análise detalhada da economia e política chinesas, a autora aponta os motivos e etapas do seu possível sucesso, e desenvolve uma consistente comparação entre Ocidente e Oriente. Para ela, os…read more →

Explicando a derrota dos tucanos em Minas Gerais

Não há como negar. Aécio Neves não ficou bem na foto. Perder em seu próprio estado selou seu destino rumo à Presidência. Mas há uma explicação totalmente racional para explicar esse “fracasso” em Minas Gerais. Primordial, é antes de tudo, compreender que há duas Minas Gerais: o do Norte, esmagadoramente petista, e o do Sul, cuja capital é Belo Horizonte, nitidamente tucana. Raciocinando devagar, Aécio – como candidato do PSDB – até venceu em Minas. Explicarei a situação. Para tanto, precisamos acessar…read more →

A dívida externa brasileira

É demagogia induzir a sociedade a acreditar que as reservas internacionais quitaram a dívida externa brasileira. É ficcional a versão da dívida externa zerada. Em agosto de 2014, o Banco Central informava que a dívida externa bruta totalizava US$ 333,1 bilhões. Igualmente atestava que as reservas internacionais totalizaram US$ 379,4 bilhões. O Brasil integra o ranking dos 15 países com maior dívida externa, de conformidade com relatório do Banco Mundial. A manipulação marqueteira misturando reservas internacionais e dívida externa, no…read more →

Como Michelle Bachelet pretende destruir as bases institucionais do Chile

Ao longo da década de 1980, ainda na vigência da ditadura de Augusto Pinochet, Milton Friedman insistia que o Chile tinha de reintroduzir a liberdade política caso quisesse preservar suas recém-criadas instituições de livre mercado.  Segundo Friedman, no longo prazo, o autoritarismo era incompatível com a liberdade econômica. Por outro lado, Friedman também se mostrava muito cético quanto ao futuro do Chile tão logo a democracia fosse reintroduzida.  Ele temia que a classe política viesse a utilizar o processo democrático…read more →

A verdade sobre Cuba nas lentes de Yusnaby Pérez

Com certeza você já se viu numa discussão sobre “o que é melhor, mais estado ou menos estado?”. A verdade é que o estado não é capaz, nem matematicamente, de gerir e satisfazer as necessidades de uma população, que através de mecanismos de oferta e demanda fazem os produtores saberem o que produzir, assim mantendo o mercado sempre cheio, com todos produzindo, etc. Mas o que acontece quando o estado domina tudo? O fotógrafo Yusnaby Pérez mostra todos os dias…read more →

A precária situação alimentar de Cuba

A verdadeira história se escreve no coração dos povos. Nem os mais elevados sociólogos, psicólogos, historiadores e sábios que tenham existido ao longo de toda a história da humanidade poderiam caracterizar a sociedade cubana atual de uma forma medianamente correta. Nossa verdadeira história habita no desconhecido interior de cada um, no coração de cada indivíduo. É aí, e não em outro lugar, que estão os originais das escrituras da história cubana; as outras não passam de meras cópias duvidosas. Exatamente…read more →

O Que o Papa Francisco tem a falar sobre o socialismo?

Começa a circular a transcrição de uma entrevista feita com o atual Papa Francisco quando ele era o então Cardeal Bergoglio, na Argentina. Na realidade, foi uma emboscada realizada pelo jornalista Chris Matthews da MSNBC, mas Bergolio encurralou Matthews de tal forma que a entrevista nunca foi ao ar porque, ao perceber que seu plano havia falhado, Matthews arquivou o vídeo. Porém, um estudante de Notre Dame, que prestava serviços sociais na MSNBC, apoderou-se dele e o deu para seu…read more →

Socialismo para leigos: o fracasso econômico

É cansativa a argumentação de que o socialismo deu errado por que não foi posto em prática exatamente como descrito por Karl Marx. Sua teoria, chamada socialismo científico, parece carregar ironia logo no nome: uma teoria científica só é de fato científica se a realidade corrobora com a mesma, e toda a vez que se experimentou alguma aplicação da teoria socialista “científica”, ela se provou absolutamente incorreta. A teoria marxista é, portanto, a única teoria científica correta a priori, e…read more →

Quatro mil anos de controle de preços

A economia brasileira opera como se estivesse separada em dois compartimentos. Há aqueles setores em que o governo interfere muito e há aqueles setores em que ele interfere bastante. Interferência estatal existe em cada canto da economia, pois o governo está sempre tributando e regulando — isto é, confiscando dinheiro e impondo normas incompreensíveis e impossíveis de serem obedecidas integralmente. No entanto, naqueles setores em que o governo interfere menos, ou seja, nos quais ele se limita a tributar e…read more →

As falhas, incoerências e falácias do arcabouço intelectual de Karl Marx

O principal trabalho teórico de Marx é sua grande obra em três volumes, sobre o capital. Os fundamentos de sua teoria da exploração estão expostos no primeiro destes volumes, o único a ser publicado em vida do autor em 1867. O segundo, editado postumamente por Engels, em 1885, está em total harmonia com o primeiro, quanto ao conteúdo. Menos harmônico é sabidamente o terceiro volume, publicado novamente após um intervalo de vários anos, em 1894. Muitas pessoas, entre elas o…read more →