Irmandade Muçulmana

Primeira-ministra britânica diz que o ataque a Westminster não é “islâmico”, embora ISIS tenha assumido autoria

Embora o Estado Islâmico (ISIS) tenha assumido a autoria do atentado que matou 4 pessoas e feriu mais de 40 em Westminster, na Grande Londres, a primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, disse que o ataque islâmico ao Parlamento britânico não era “islâmico” e que o Islã é na verdade uma “grande fé”. Assumindo o papel de um teólogo, Theresa May insistiu: “É errado descrever o cenário como terrorismo islâmico. É uma perversão de uma grande fé. ” Falando no…read more →

Islamofobia? Arábia Saudita deporta 40 mil imigrantes paquistaneses por “risco de terrorismo”

15.02.2017 – A Arábia Saudita deportou mais de 40 mil trabalhadores migrantes paquistaneses em apenas quatro meses, citando “preocupações com o terrorismo”. O Estado soberano, de profissão islâmica, relatou na semana passada que “um número de paquistaneses foram presos acusados de crimes de tráfico de drogas, roubos, falsificação e agressões físicas, incluindo estupros”. As autoridades temiam que alguns dos trabalhadores migrantes fossem ligados ao ISIS, ou como os sauditas chamam o grupo terrorista, Daesh. Outros migrantes foram deportados devido a…read more →

Estado Islâmico institui estupro como parte de sua doutrina religiosa

Vítima de 12 anos contou que agressor disse que não fazia ‘nada de errado’. Segundo terroristas, Corão encoraja ato Abusar sexualmente de mulheres deixou de ser apenas parte da “cultura” do Estado Islâmico, que agora foi além e instituiu, nesta quinta-feira, o ato como parte de sua doutrina religiosa. Segundo os terroristas fanáticos, o Corão “congratula e encoraja” aqueles que atacarem mulheres que não sejam muçulmanas. O comunicado do grupo acontece após uma menina de 12 anos, de etnia yazidi,…read more →

O novo holocausto – Um natal não muito feliz

Uma grande parte do mundo, não tem a mínima ideia, do que tem sido o flagelo dos cristãos no Oriente Médio, principalmente na Síria e no Iraque. Se estendermos a análise para a África, tanto a região mediterrânea, Líbia, Argélia e Tunísia, quanto a continental, Eritreia, Sudão e Senegal, a situação de barbárie contra esta e outras minorias, se amplia ainda mais. Desde a instalação do auto denominado Estado Islâmico, o estimativa de cristãos mortos na região já passa dos…read more →

Exército da Nigéria anuncia resgate de quase dois mil reféns do Boko Haram

Tropas nigerianas resgataram, na última semana, 1.880 civis que estavam em poder do grupo islâmico Boko Haram no nordeste da Nigéria, anunciou um comandante do Exército nesta quarta-feira (21). A operação aconteceu em Sambisa, uma região na selva de cerca de 1.300 km quadrados onde ficava o reduto do Boko Haram. Em 2014, esse grupo sequestrou mais de 200 jovens estudantes. “Em operações realizadas entre 14 e 21 de dezembro de 2016, um total de 1.880 civis foram salvos nas…read more →

Corte alemã estabelece que “Tribunais da Sharia” não são ilegais

22.11.2016 – Um tribunal alemão decidiu nesta segunda-feira que um grupo de islamitas não quebraram a lei quando formaram a “polícia da Sharia”, patrulhando as ruas e dizendo às pessoas para parar de beber, jogar ou ouvir música. O grupo muçulmano ultraconservador baseado em torno do salafista alemão convertido Sven Lau provocou indignação pública com as suas patrulhas de vigilantes na cidade ocidental de Wuppertal em 2014, mas os promotores têm se esforçado para abrir um caso contra eles. Um…read more →

‘Taqiyya’ islâmica: mentir é permitido se ajudar a propagar o islamismo

O Islamismo é a única religião do planeta que legitima a mentira (Taqiyya). Isto quer dizer que para convencer ou iludir os infiéis (todos os não-muçulmanos) a mentira é moralmente correcta e útil para avançar os projetos da Sharia. Ou seja, se o Islã ousar dizer que é a favor da liberdade religiosa, da democracia, das instituições ocidentais ou que respeita/tolera o cristianismo, para dizer o mínimo: não confie. Este é um dos conceitos mais chocantes do islão: é permitido mentir…read more →

Para integrar islâmicos, “vamos destruir igrejas cristãs e construir mesquitas”, propõe arquiteto alemão

Um proeminente arquiteto e progressista alemão disse que, a fim de melhor integrar os imigrantes muçulmanos, as igrejas cristãs deveriam ser demolidas, dando espaço para que mesquitas “mais visíveis” sejam construídas nos mesmos espaços. Entrevistado pelo periódico Die Tageszeitung, Joaquim Reinig argumenta que Hamburgo necessita construir mais mesquitas. Ele disse que apenas mesquitas poderiam integrar ativamente os muçulmanos que as autoridades alemãs não conseguem alcançar. O jornal perguntou ao arquiteto se ele realmente acreditava que as mesquitas poderiam ajudar na integração dos imigrantes em vez…read more →

Muhammad Ali: o ocaso das estrelas

Muhammad Ali foi provavelmente o maior boxeador de todos os tempos, com uma técnica até hoje, literalmente, imbatível: enquanto todos os boxeadores ocidentais lutavam para força e robustez, Cassius Clay (seu nome de batismo) se esforçava pela agilidade e rapidez, características consideradas secundárias num esporte de contato absoluto. Se especializando no aparentemente periférico, trazendo o que aparentava ser auxiliar para o cerne de sua técnica, Muhammad Ali foi quase imbatível (perdeu apenas 5 lutas em sua carreira). Mais: assim como…read more →

A nova geração da Islândia que não conhece a Deus

Não é difícil entender porque o Islã converte em massa, nos países nórdicos. Lá, onde a maior parte da população nativa é ateia, o Deus natural foi substituído por uma convenção moderna; uma mistura de bem estar social com o santo do respeito a todos os credos. Desmontam, palmo a palmo, as crianças para que se tornem adultos “coerentes”, mas, mais importante do que isso, receptivos às novas culturas, acolhedor e sem qualquer tipo de preconceito. O garoto passa mais…read more →