Marxismo Cultural

Hillary Clinton declara abertamente uma guerra contra a religião

04.05.2015 – A democrata afirma que o governo deve usar “recursos coercitivos para redefinir os dogmas” “Os códigos culturais profundamente enraizados, as crenças religiosas e as fobias estruturais precisam mudar. Os governos devem empregar seus recursos coercitivos para redefinir os dogmas religiosos tradicionais”. Esta declaração ditatorial foi feita pela candidata democrata à presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, durante uma conferência sobre feminismo no Lincoln Center de Manhattan, conforme publicado pelo jornal espanhol La Gaceta. A candidata, que defende o…read more →

Simone de Beauvoir: nazista, pedófila, misândrica e misógina

Conforme os setores não feministas da sociedade vão se tornando cada vez mais expressivos e claros, os setores ainda não conscientes da natureza venenosa dessa ideologia reagem com um conjunto de argumentos que apenas revelam que a realidade fatual não é ainda inteiramente conhecida pelo público. Algum tempo atrás, um grupo de feministas de cafeteria tentava me convencer que o feminismo não é tão mau quanto eu digo que é e que se eu apenas lesse mais sobre feminismo, eu…read more →

A vida importa? Jean Wyllys responde

A ignorância não devia ser algo escandaloso. De fato, ela não é: trata-se da condição natural do homem. Através da observação, da experiência e da contemplação, o homem pode ultrapassar a barreira da ignorância e elevar-se de um nível inferior de conhecimento a um nível superior de conhecimento. Esse processo jamais se encerra, a bem da verdade. O que de fato é escandaloso é que se ostente a própria ignorância como um tesouro, que se a exiba como algo precioso…read more →

Islamismo: a maior máquina assassina da história da humanidade

Quando pensamos em assassinato em massa, o que nos vem à mente é Hitler. Se não é Hitler, então é Tojo, Stálin, ou Mao. Dá-se o crédito aos tiranos do século XX como os piores da espécie da tirania a terem já surgido na humanidade. Contudo, a verdade alarmante é que o islamismo já matou mais do que esses tiranos, e pode ultrapassar todos eles juntos em números e crueldade. A enormidade dessas matanças da “religião da paz” está tão…read more →

Suécia – a capital ocidental dos estupros

Em 1975 o parlamento sueco decidiu, por unanimidade, mudar a homogenia da Suécia de outrora em um país multicultural. Após quarenta anos as dramáticas consequências desse experimento estão emergindo: crimes violentos aumentaram 300%. Se examinarmos os números de estupros, o aumento é ainda pior. Em 1975 foram prestadas queixas à polícia de 421 estupros, em 2014 foram 6.620. Um aumento de 1.472%. A Suécia já está em segundo lugar na lista global de estupros. De acordo com um levantamento de 2010…read more →

Conheça a feminista que defendia o aborto como meio de exterminar a população negra

“Como defensores do controle da natalidade, os eugenistas, por exemplo, estão tentando ajudar na corrida para a eliminação dos inaptos.” [1] Estas são as palavras de uma mulher que é reverenciada como uma grande ativista em prol das mulheres de todo o mundo: Margaret Sanger (1879-1966), “a mãe” do grupo Planned Parenthood. Esta dita organização sem fins lucrativos foi fundada em 1916, quando Sanger abriu a primeira clínica de aborto nos Estados Unidos, no bairro do Brooklyn, em Nova Iorque, cuja população era quase…read more →

Por que no Brasil pode Comunismo…e Nazismo não pode?

“Aqueles que cometeram esse bárbaro crime são tão culpados quanto os que o aprovaram por décadas. Somos todos culpados. É impossível mentir para nós mesmos, justificando crueldade sem sentido por motivos políticos. A execução sumária da Família Romanov é resultado de uma divisão intransigente na Rússia, entre “nós” e “eles” na sociedade. Os resultados desta divisão podem ser vistos até agora. (…) Qualquer tentativa de mudar a vida pela violência está condenada ao fracasso. Temos que acabar com o século, que tem…read more →

Por que o marxismo odeia o Cristianismo

O marxismo autêntico sempre odiou e sempre odiará o cristianismo autêntico. Se não puder pervertê-lo, então terá que matá-lo. Sempre foi assim e sempre será assim. E por que essa oposição manifestada ao cristianismo por parte do marxismo? Por que o ódio filosófico, a política anticristã, a ação assassina direcionada aos cristãos? Por que o país número um em perseguição ao cristianismo não é muçulmano e sim a comunista Coréia do Norte? As pessoas se iludem quando pensam no marxismo…read more →

Duríssimo golpe contra a “ideologia de gênero” nos países nórdicos

O Conselho Intergovernamental de Cooperação Nórdico, do qual fazem parte Noruega, Suécia, Finlândia, Dinamarca e Islândia, decidiu deixar de financiar o Instituto Nórdico de Pesquisas de Gênero, o NIKK, após o jornalista, comediante e sociólogo, Harald Eia, rodar um longo, genial e devastador documentário, “Hjernevask” (“Lavagem de Cérebro”), que mostrou a manipulação e a falta de base científica da “ideologia de gênero”, base “intelectual” do feminismo agressivo. Harald estava intrigado com o fato de porque, apesar de todos os esforços…read more →

O multiculturalismo teve enorme sucesso na Alemanha, dona Merkel

Angela Merkel diz que o multiculturalismo fracassou na Alemanha. Ao contrário, dona Merkel, o multiculturalismo teve enorme sucesso na Alemanha! Você é que estava esperando dele algo para o qual ele não foi criado. O multiculturalismo é uma teoria sociológica, e é preciso entender como ela funciona olhando de fora da teoria, ou seja, com um olhar metateórico. Entender o multiculturalismo pelo discurso multiculturalista consiste em um raciocínio circular e tautológico. O multiculturalismo diz que nenhuma cultura é melhor que…read more →