Política

A dívida externa brasileira

É demagogia induzir a sociedade a acreditar que as reservas internacionais quitaram a dívida externa brasileira. É ficcional a versão da dívida externa zerada. Em agosto de 2014, o Banco Central informava que a dívida externa bruta totalizava US$ 333,1 bilhões. Igualmente atestava que as reservas internacionais totalizaram US$ 379,4 bilhões. O Brasil integra o ranking dos 15 países com maior dívida externa, de conformidade com relatório do Banco Mundial. A manipulação marqueteira misturando reservas internacionais e dívida externa, no…read more →

Dilma e Aécio poderiam ser do mesmo partido

O primeiro debate do segundo turno das eleições presidenciais da última terça (14/10) demonstrou, ao menos para o telespectador mais atento, que as ideias da candidata petista vão ao encontro das ideias do candidato tucano, e vice-versa. O jogo eleitoral só demonstra como ambos os partidos possuem filosofias e ambições muito próximas, e por fim, observa-se que não há diferenças gritantes de ideias e provavelmente não haverá medidas radicais ou inovadoras em nenhum dos lados. A política presidencial brasileira tende…read more →

A desconhecida história do embargo cubano

Eis um tema que, ao longo de mais de meio século, é inseparável da vida do povo cubano, e que tem estado presente, por igual período de tempo, no cenário político e na opinião pública internacional: o embargo econômico imposto a Cuba pelo governo dos Estados Unidos. Em minha opinião, o controvertido embargo tem sido apenas um jogo diabólico de conveniência entre os dois governos envolvidos neste embate, cujo resultado alcançado durante décadas tem sido um só: uma falta de respeito…read more →

A guerra dos Cristeros

O filme mexicano Cristiada (For Greater Glory, 2012), dirigido por Dean Wright, com a presença de Andy Garcia e Peter O´Toole no elenco, comoveu o mundo católico. A perseguição à Igreja e a entrega da própria vida como prova de amor a Cristo apareceram como eventos próximos, não exclusivos aos primeiros anos dourados do cristianismo. A narração destes atos heroicos na tela do cinema, como é natural, exigem recortar ou adaptar uma história muito mais rica, que talvez ficará apenas…read more →

O que os nazistas copiaram de Marx

O marxismo afirma que a forma de pensar de uma pessoa é determinada pela classe a que pertence. Toda classe social tem sua lógica própria. Logo, o produto do pensamento de um determinado indivíduo não pode ser nada além de um “disfarce ideológico” dos interesses egoístas da classe à qual ele pertence. A tarefa de uma “sociologia do conhecimento”, segundo os marxistas, é desmascarar filosofias e teorias científicas e expor o seu vazio “ideológico”. A economia seria um expediente “burguês”…read more →

Estado em que o cidadão está mais armado é o menos violento do país

O relatório do Mapa da Violência, do Instituto Sangari, revela que Santa Catarina é o Estado menos violento do Brasil. Detalhe: trata-se da unidade de Federação em que as pessoas de bem mais se armam. Na semana que passou, duas notícias chamaram a atenção no campo da segurança pública: uma, sem maiores consequências, mas de efeito didático, espera-se, para a mais alta autoridade encarregada do assunto, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. Outra, bastante grave, didática para todos nós,…read more →

Gramsci e as próximas eleições

O que esperam das eleições os revolucionários conscientes da causa e todos aqueles que consideram o Parlamento eleito pelo sufrágio universal uma máscara da ditadura burguesa? Essa foi a pergunta que o ideólogo socialista italiano Antonio Gramsci fez em seu artigo “Os revolucionário e as eleições” escrito em 1919. Essa é a pergunta que o eleitor brasileiro, ou pelo menos aquele que é formador de opinião, tem de se fazer. Alguns se perguntariam qual a necessidade de tal questionamento. Contudo,…read more →

Enquanto dormimos, o Brasil se islamiza

Temos problemas demais no Brasil para importarmos mais um. O islão não irá resolver nenhum dos nossos problemas, apenas multiplicá-los. Mesmo assim, graças a um maciço financiamento saudita, ajudada por uma política externa que coloca os “islâmicos” como vítimas, o islamismo avança no Brasil. O número de mesquitas se triplicou nesta década, sendo criadas mesmo onde não existem muçulmanos. A ação de dawa (a pregação visando angariar novos adeptos) se intensifica por todos os meios, desde contatos pessoais, a campanhas,…read more →

O homem que jogou fora o Prêmio Nobel

Eis um breve trecho do livro “Poder Global e Religião Universal”, escrito pelo Monsenhor Juan Claudio Sanahuja, publicado pela Editora Ecclesiae. “A pressão social, o medo de sermos qualificados de fundamentalistas e um sincero, ainda que equivocado, espírito de salvar o que pode ser salvo frente à avalanche de projetos, leis e costumes iníquos, podem fazer-nos cair na tentação de negociar o que é inegociável e, portanto, ceder quanto ao que não nos pertence — a ordem natural e a…read more →

Mentiras sobre o aborto – Parte 01

Este é o primeiro de uma série de artigos cujo escopo é claro: mostrar a fraude na argumentação pró-aborto. O projeto da plena legalização do aborto e até mesmo do infanticídio é um objetivo há muito tempo almejado por esquerdistas, feministas e também pela burocracia globalista, os quais para tanto utilizam de toda a fraude possível que lhes esteja ao alcance. Algumas dessas fraudes são sutis, mas a maioria delas é formada por falsificações absolutamente grosseiras dos números, da História,…read more →