Teologia da Libertação

Os ecos iluminados

O caráter anti-religioso do Iluminismo foi executado no plano político pelos líderes da Revolução Francesa. Como destaca Tocqueville em L’Ancien régime et la Révolution, a paixão pela irreligiosidade foi a primeira a nascer da Revolução e a última a extinguir-se. O único erro do grande pensador foi crer nesta extinção. A irreligiosidade da Revolução Francesa adveio dos mentores intelectuais do movimento – os iluministas. A hostilidade para com a religião é subproduto da hostilidade à Igreja Católica. No verbete “Razão”…read more →

Universidade Católica de Pernambuco promoverá ato pelos 100 anos do comunismo

Por meio de seu Facebook oficial (fb.com/catolicapernambuco), a Universidade Católica de Pernambuco informou à comunidade acadêmica e à sociedade pernambucana a promoção de um evento denominado “Ato pelos 100 anos da Revolução Russa”, a ocorrer no dia 19 de outubro. Infelizmente não encontramos mais o post original divulgando o ato (embora nada se saiba ainda, se o evento será cancelado). Contudo um print screen fora conservado por nossa equipe, o que fora divulgado inclusive pelo Movimento Brasil Livre (MBL) de…read more →

No Rio de Janeiro emerge uma Igreja fortalecida diante da militância anticristã

RIO DE JANEIRO – 27.10.2016 – Os últimos dias não foram nada fáceis para a Arquidiocese do Rio de Janeiro depois de semanas sem grandes manobras políticas dos candidatos à prefeitura para o segundo turno. Isso até que Marcelo Crivella decidiu de modo público firmar uma carta compromisso com a Igreja Católica procurando se emendar para estabelecer um canal de diálogo com a mesma, pois ele próprio sabe da evidente participação social de todo o seu organismo pela cidadania cristã…read more →

O ataque de Moscou ao Vaticano

A União Soviética jamais se sentiu à vontade tendo que conviver com o Vaticano neste mundo. Descobertas recentes provam que o Kremlin estava disposto a não medir esforços para neutralizar o forte anti-comunismo da Igreja Católica. Em março de 2006, uma comissão parlamentar italiana concluiu que “além de toda dúvida razoável, os líderes da União Soviética tomaram a iniciativa de eliminar o papa Karol Wojtyla” em retaliação à sua ajuda ao movimento dissidente Solidariedade na Polônia. Em janeiro de 2007,…read more →

Ex-espião da União Soviética: Nós criamos a Teologia da Libertação

(ACI Digital) – Ion Mihai Pacepa foi general da polícia secreta da Romênia comunista antes de pedir demissão do seu cargo e fugir para os EUA no fim da década de 70. Considerado um dos maiores “detratores” de Moscou, Pacepa concedeu entrevista a ACI Digital e revelou a conexão entre a União Soviética e a Teologia da Libertação na América Latina.  A seguir, os principais trechos da sua entrevista: Em geral, você poderia dizer que a expansão da Teologia da…read more →

Sem teologia nem libertação

Leonardo Boff descreve episódios históricos inexistentes e ousa travestir a biografia de São Francisco. O estilo é o homem? Sim, e o é para o bem e para o mal. Para o bem, quando a análise revela, por trás das construções sintáticas e figuras de linguagem, a percepção viva de aspectos obscuros e dificilmente dizíveis da experiência humana, que assim emergem da nebulosidade hipnótica onde jaziam e se tornam objetos dóceis da meditação e da ação, transfigurando-se de fatores de…read more →