Ucrânia proíbe comunismo e nazismo no país

KIEV (UCRÂNIA) – Em meio às tensões com a Rússia, o parlamento ucraniano proibiu, na quinta-feira, toda propaganda e veiculação de símbolos nazistas ou comunistas, banindo-os do país. A lei ucraniana define que “o regime totalitário comunista existente na Ucrânia é reconhecido como criminoso e acusado de ter promovido uma política de terror estatal”. Os transgressores da norma deverão pagar até cinco anos de prisão.

O ministro da Justiça, Pavlo Petrenko, declarou que a lei proíbe a “ideologia comunista” como parte de um processo de “descomunização” do país anunciado há alguns meses pelo governo de Kiev.  A norma foi aprovada pelo Rada em meio a tensões diplomáticas com a Rússia, que estaria apoiando forças separatistas que atuam no leste do país. O presidente russo, Vladimir Putin, também apoia o ex-líder ucraniano, Victor Ianukovich, deposto por sua postura pró-russa e contrária à União Europeia (UE).

Hitler_Stalin-Portal-Conservador

A Ucrânia também anunciou que irá abrir os arquivos secretos dos órgãos repressivos do regime comunista, que datam desde a revolução de outubro de 1917 até a proclamação da independência do país, em 1991, no mesmo dia que em o Parlamento aprovou a proibição da propaganda comunista no país. A desclassificação de arquivos foi autorizada pelo Rada, o Parlamento ucraniano, com 260 votos a favor entre os 320 deputados presentes na sessão.

Com informações Agência ANSA.

 

LEIA TAMBÉM:

Por que o nazismo era socialismo e por que o socialismo é totalitário

Países onde o símbolo do comunismo é proibido

Comentários

0 Comentário

Escreva um comentário





*