Posts Marcados "Foro de São Paulo"

Como Michelle Bachelet pretende destruir as bases institucionais do Chile

Ao longo da década de 1980, ainda na vigência da ditadura de Augusto Pinochet, Milton Friedman insistia que o Chile tinha de reintroduzir a liberdade política caso quisesse preservar suas recém-criadas instituições de livre mercado.  Segundo Friedman, no longo prazo, o autoritarismo era incompatível com a liberdade econômica. Por outro lado, Friedman também se mostrava muito cético quanto ao futuro do Chile tão logo a democracia fosse reintroduzida.  Ele temia que a classe política viesse a utilizar o processo democrático…read more →

A desconhecida história do embargo cubano

Eis um tema que, ao longo de mais de meio século, é inseparável da vida do povo cubano, e que tem estado presente, por igual período de tempo, no cenário político e na opinião pública internacional: o embargo econômico imposto a Cuba pelo governo dos Estados Unidos. Em minha opinião, o controvertido embargo tem sido apenas um jogo diabólico de conveniência entre os dois governos envolvidos neste embate, cujo resultado alcançado durante décadas tem sido um só: uma falta de respeito…read more →

A precária situação alimentar de Cuba

A verdadeira história se escreve no coração dos povos. Nem os mais elevados sociólogos, psicólogos, historiadores e sábios que tenham existido ao longo de toda a história da humanidade poderiam caracterizar a sociedade cubana atual de uma forma medianamente correta. Nossa verdadeira história habita no desconhecido interior de cada um, no coração de cada indivíduo. É aí, e não em outro lugar, que estão os originais das escrituras da história cubana; as outras não passam de meras cópias duvidosas. Exatamente…read more →

Contando cadáveres

Publicado na Veja desta semana, um artigo de Reinaldo Azevedo sobre os bajuladores nacionais de Fidel Castro provocou entre os referidos a clássica reação desproporcional de ódio insano, camuflado em indignação moral e vertido abundantemente em cartas à redação e e-mails ao blog do colunista. O que mais irritou os remetentes foi a comparação entre o número de vítimas da ditadura brasileira e as da cubana – quatro centenas aqui, cem mil lá, num país de população quinze vezes menor…read more →

12