Feminismo

O dia internacional da mulher é mais uma mentira feminista criada por esquerdistas

Esquerdistas sempre foram mestres em propaganda usando de vitimismo para criar mais guerra entre as pessoas. Vale para os feministas, eleitores e eleitoras do PSOL, PSTU, gayzistas ou militantes do MST. O feminismo, como movimento esquerdista desde a sua origem usa das mesmas artimanhas mentirosas ao criar um mundo irreal e fora da realidade. As feministas ou feminazi como chamamos aqui adoram usar qualquer data e qualquer evento para criar mais guerra entre as pessoas, dividir a sociedade querendo destrui-la….read more →

Aborto legalizado faria homens coagirem ainda mais as mulheres a abortar, diz jurista

Em mais uma entrevista da nossa série com os expositores pró-vida da audiência sobre a ADPF 442 realizada pelo Supremo Tribunal Federal no início de agosto, o Sempre Família conversou com a advogada Regina Beatriz Tavares da Silva. Doutora em Direito pela Universidade de São Paulo (USP) e presidente da Associação de Direito de Família e das Sucessões (ADFAS), a advogada aprofundou alguns dos temas tratados na sua exposição e deixou claro que manter a legislação sobre o aborto como…read more →

Nova Iorque permitirá abortar bebês até nada menos que 1 dia antes do parto

Lei arbitrária e subjetiva também garante 6 meses de aborto grátis e mais 3 se houver alegação de “risco de bem-estar” para a gestante O Estado de Nova Iorque aprovou a lei mais extrema que já existiu nos Estados Unidos em relação ao extermínio de seres humanos no ventre materno: as mulheres poderão abortar até nada menos que um dia antes do nascimento do bebê. A “fundamentação” para essa lei é tão absurdamente arbitrária que, se a gestante der à…read more →

O julgamento de Jesus Cristo e a crucificação masculina

Jesus Cristo foi preso sem culpa, acusado sem indícios, julgado sem testemunhas legais, apenado com veredito errado, e por fim, entregue à mercê da boa vontade de um Juiz. (Roberto Victor Pereira Ribeiro) A história de Jesus Cristo é conhecida no mundo inteiro e o seu julgamento, o maior escândalo de ilegalidades processuais de todos os tempos, cuja condenação descumpriu os ritos judiciais da época, da lei hebraica e também da lei romana. A sua sentença já estava pronta, assim…read more →

O silêncio da violência doméstica contra homens

Não há estatísticas oficiais de violência doméstica contra os homens no país, e os poucos estudos realizados a respeito não têm a devida visibilidade. Diversos países buscam soluções para a violência conjugal, vez que violência não tem sexo, enquanto o Brasil segrega a população até mesmo na possibilidade de denúncias de violência doméstica, não sendo permitido ao homem ter voz, obrigando-o a conviver diariamente com essa invisibilidade. Historicamente atribuiu-se a mulher o caráter de mansa, serena, inofensiva e incapaz de…read more →

Sobrinha de Martin Luther King: “Se você se diz contra o racismo, combata o aborto”

“O aborto é a questão dos direitos civis do nosso tempo. Ele nega os direitos dos inocentes. Ele se recusa a ajudar os mais vulneráveis”. O nome do pastor Martin Luther King estará ligado para sempre aos direitos civis dos cidadãos afro-americanos. Sua herança espiritual está hoje nas mãos da família e, em particular, da sobrinha ativista Alveda King. E ela, que tem dado continuidade à batalha do tio por um mundo inclusivo e acolhedor, tem sido clara ao afirmar…read more →

A criminalização midiática masculina e a vulgarização da Lei Maria da Penha

Com o presente trabalho, espera-se elucidar aos leitores as ilegalidades que perpassam a Lei 11.340/2006, que embora constitucional, teve sua aplicabilidade falseada, sem, contudo, esgotar o tema, notadamente observando sua amplitude. O histórico de violência sofrida pelas mulheres é inegável, e a Lei Maria da Penha proporcionou avanços e enfrentamentos na ceara da violência doméstica e familiar feminina. Porém, por meio da hegemonia cultural que sacraliza a mulher como ser inócuo e inábil para a prática de delitos, a citada…read more →

Quando homens pagam impostos, as mulheres tornam-se promíscuas

Desde o século passado, o crescimento sem precedentes nos orçamentos dos governos ocidentais alterou radicalmente a dinâmica entre os sexos. Esta expansão do governo foi causada pelo direito das mulheres ao voto, e o subsequente padrão de votação das mulheres. A resultante multiplicação de serviços públicos foi progressivamente substituindo o papel tradicional do homem, a qual diminuiu a complementaridade e a interdependência de homens e mulheres a nível individual. No entanto, os homens são, como um grupo, ainda os únicos…read more →

Bíblia é considerada livro “homofóbico” e impedida de ser ensinada em escola, no Canadá

A academia Cristã Cornerstone, em Alberta (Canadá), está sendo convidada a parar de ensinar sobre as passagens da Bíblia que pode que podem ser consideradas “ofensivas”. A presidente da Divisão Escolar ‘Battle River’ (BRSD), Lauri Skori, disse à diretora da Cornerstone, Deanna Margel, que “qualquer Escritura que possa ser considerada ofensiva a indivíduos particulares não deve ser lida ou estudada na escola”. Skori disse que seria inadequado para a escola, compartilhar “qualquer ensinamento que possa condenar a orientação sexual de…read more →

O feminismo priva as meninas do amor do pai

A maior parte das meninas recebe pouco amor da parte do pai, levando a que cresçam inseguras, desconfiadas em relação aos homens e frígidas; quem o afirma é Victoria Secunda, autora do livro “Women and their Fathers: The Sexual and Romantic Impact of the First Man in Your Life” (1992). O resultado disto são casamentos falhados, famílias destruídas, e um círculo vicioso de famílias sem um pai. As conclusões de Secunda baseiam-se em entrevistas levadas a cabo a 150 filhas,…read more →