PC Siqueira apaga canal no YouTube após acusações e investigação

Canal maspoxavida ficou indisponível nesta terça-feira (16). Perfil no Twitter divulgou suposta conversa em que youtuber teria comentado foto de criança de seis anos nua.

PC Siqueira apagou seu canal no YouTube, o maspoxavida, nesta terça-feira (16). O youtuber também deixou privado seu perfil no Instagram.

Quem tenta acessar o canal, criado em 2010 na plataforma de vídeos, encontra o aviso que a página está indisponível.

Ele é investigado pela polícia após o vazamento de supostas mensagens e acusações pedofilia. Na última semana, um perfil no Twitter compartilhou imagens de uma conversa em que Siqueira teria afirmado que recebeu fotos de uma criança de 6 anos nua.

Por meio de comunicado, a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo confirmou a investigação: “a 4ª Delegacia de Proteção à Pessoa, do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), apura a denúncia feita por meio das redes sociais contra a pessoa citada”. O crime seria de pornografia infantil.

Após o vazamento do vídeo com a conversa, o youtuber publicou um longo texto nas redes sociais citando “articulação criminosa” para tentar acusá-lo de “algo terrível, que jamais cometi ou cometeria”

Entenda o caso:

Tudo começou quando uma suposta conversa de PC Siqueira sobre fotos de uma criança de 6 anos vazaram na internet. Depois disso, Siqueira postou sua defesa dizendo que se tratava de fake news, mas apagou a postagem . Em seguida, a conta do youtuber no Instagram se tornou privada.

O caso passou a ser investigado pela Polícia e PC Siqueira foi até a delegacia prestar depoimento na segunda-feira (15). A apuração é conduzida pela 4ª Delegacia de Proteção à Pessoa, do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP). Além da veracidade das mensagens, os policiais também investigam se o caso teria ocorrido em São Paulo, onde vive PC Siqueira. A informação foi confirmada pelo UOL por delegados da DHPP.

“Linha do tempo”

– No dia 10 de junho, o perfil no Twitter divulga um vídeo com os prints da conversa de PC Siqueira. Nas mensagens, ele afirma que recebeu uma foto a mãe da criança de seis anos em que a menor de idade estaria nua.

– No dia 11 de junho, PC Siqueira divulga nota dizendo que vídeo é falso e aponta itens que comprovariam a “fake news”.

– Áudios de PC são vazados em que ele afirma poder ter um “traço” de pedofilia por ter gostado sexualmente das fotos. “É muito bizarro, porque, antes de ontem, eu fui acusado de racismo. Agora, eu vou ser o pedófilo, porque… É, eu meio devo ter um traço disso, porque eu olhei a bunda de uma menina e, no meio da situação, do sexo virtual, aquilo lá me deixou arroused (excitado, em inglês)”.

– Os também Youtubers Cauê Moura e Rafinha Bastos, do canal Ilha dos Barbados com PC Siqueira, anunciam o cancelamento do projeto falam que estão “perplexos e decepcionados” com o caso. Rafinha Bastos comenta o caso de PC Siqueira em um vídeo no Youtube.

– PC fez um post em seu stories no Instagram na segunda-feira (15) em que cita um trecho da música “You want it darker”, de Leonard Cohen” e usuários falam que poderia ser um indício de pensamentos suicidas pelo Youtuber.

Fonte: UOL.

Comentários

0 Comentário

Escreva um comentário




*